Etiqueta inteligência emocional

A inteligência emocional no trabalho – Videocast, episódio 03

Episódio 03 “O que tem a Inteligência Emocional a ver com isso?” “Um colega de trabalho liga-me várias vezes depois do serviço, para falar e queixar-se dos problemas da empresa e dos colegas. Isso desgasta-me e irrita-me bastante.” Será que… Ler mais →

A Inteligência Emocional no casal e nas relações, episódio 02

“Quando tento falar com o meu marido, ele não me entende. Parece que não falamos a mesma língua!” O que tem a Inteligência Emocional a ver com isso? De uma forma geral podemos dizer que há pessoas mais mentais, racionais… Ler mais →

A Inteligência Emocional no casal e nas relações, episódio 01

“Quando eu e a minha mulher discutimos, ela tem sempre de ter razão, então prefiro virar as costas e evitar a discussão!” O que tem a Inteligência Emocional a ver com isso? Este tipo de situações entre casais (e não… Ler mais →

Soft Skills: flexibilidade, adaptabilidade e mudança!

Cada vez mais as empresas e as organizações dependem de trabalhadores que funcionem ao seu mais alto nível, que se envolvam e se entusiasmem com o trabalho, gerando ideias criativas e inovadoras que permitam às mesmas manterem-se ativas num mercado,… Ler mais →

Porque é tão difícil a autorregulação emocional?

Há uma tendência a só reconhecer as emoções nas suas versões mais extremas ou intensas e aí, falar de regulação é difícil (não impossível) pois não é possivel ir da raiva à tranquilidade com passes de mágica.
Compreender que os estados emocionais funcionam em escala, e ter consciência dessa escala pessoal permite-nos estar mais atentos à progressão das emoções, e atuar quando a emoção é moderada e passível de uma intervenção mais eficaz, como por exemplo, mudar o foco da nossa atenção, alterar um comportamento, retirarmo-nos de uma situação, etc.

Certificação em Inteligência Emocional (Lisboa)

Os mais recentes desenvolvimentos da neurociência vieram comprovar que a nossa atuação enquanto ser humano, a nossa capacidade de adaptação, de agir, cumprir objetivos e obter melhores desempenhos relacionais e profissionais, está diretamente relacionado com o nosso QE, Quociente de Inteligência Emocional. Podemos ter as melhores capacidades racionais e cognitivas, mas, se não trabalhamos e desenvolvermos as nossas habilidades emocionais, não conseguimos bons resultados.

Edição Lisboa: Junho 2021

INSCRIÇÕES A DECORRER
Para inscrições ou perguntas contacte-nos: [email protected] ou por WhatsApp +351 927 050 820

Ferramentas Avançadas de Regulação Emocional

FORMAÇÃO PRESENCIAL (AÇÃO COM PRÉ-REQUISITOS)

Na continuidade do trabalho formativo e transformador que desenvolvemos com a Inteligência Emocional, surgiu a necessidade – nossa e dos nossos formandos – de estruturar uma ação que aprofundasse a vertente da regulação emocional, numa intervenção essencialmente prática, que desse aos participantes mais ferramentas, dinâmicas e exercícios concretos que pudessem aplicar no seu contexto pessoal ou profissional.

Inscrições e Informações [email protected] ou por WhatsApp +351 927 050 820

Aprender a comunicar de forma não violenta

A comunicação não violenta facilita e melhora o relacionamento com o outro, ajudando-nos a reformular a maneira como nos expressamos e como ouvimos os outros.
Estamos formatados para usar reações repetitivas e automáticas, e o que queremos é mudar para um modo de respostas conscientes, a partir do que estamos a perceber, sentir e desejar.

O que escondem os gatilhos emocionais

Gatilho emocional é um termo que habitualmente usamos para referir situações, assuntos, pessoas e acontecimentos que fazem, literalmente, disparar o pico de emoção saltar rapidamente para uma zona de perigo. A descarga emocional é tão grande que, em instantes, toda a fisiologia fica alterada.

« Artigos mais antigos

© 2022 Maestra Todos os direitos reservados. | Termos e Política de Privacidade