Saúde Mental e Psicológica nas empresas – Como proporcionar aos colaboradores saúde psicológica e porque é que a produtividade da empresa só tem a ganhar com isso!

 

A Saúde Psicológica é uma parte integral da saúde do ser humano. A Organização Mundial da Saúde define-a como um estado de bem-estar que permite às pessoas realizar as suas capacidades e potencial, lidar com o stress normal do dia-a-dia e trabalhar produtivamente. É fundamental para a qualidade de vida e traduz-se em benefícios de saúde, sociais e económicos.

Na realidade atual, e este ano em particular veio evidenciar isso mesmo, cada vez mais as organizações dependem de trabalhadores que funcionem ao seu mais alto nível, que se envolvam e se entusiasmem com o trabalho, gerando ideias criativas e inovadoras que permitam às organizações manterem-se ativas, mas que se sintam bem, para serem mais flexíveis, aumentarem a sua capacidade de adaptação, mais resilientes, mais focados na resolução de problemas.

Manter uma força de trabalho saudável, produtiva e dedicada ao trabalho é, simultaneamente, uma necessidade e um dos desafios mais difíceis que os empregadores enfrentam nos dias de hoje. No entanto, sabemos que os locais de trabalho emocionalmente seguros e saudáveis são um elemento chave para a produtividade, a saúde e o bem-estar de todos – organizações, empregadores e trabalhadores.

Desde 2018 que a Maestra desenvolve e implementa nas empresas um serviço único e inestimável no âmbito da Saúde Psicológica, o Gabinete de Apoio Psicossocial que proporciona às empresas um mecanismo de apoio a colaboradores ao nível da saúde mental e bem-estar psicológico. O eixo central do GAP compreende atendimento de cariz psicossocial, individual ou em grupo, com vista a prevenir situações de desgaste extremo ou esgotamento, promoção da saúde mental, redução do índice de conflitualidade e maior cooperação, para melhorar o bem-estar e qualidade de vida dos colaboradores. O GAP pode ainda intervir em grupo, equipas ou departamentos, com o objetivo contínuo de desenvolvimento da inteligência emocional e redução de conflitos.

Como é que o GAP é operacionalizado em cada empresa?

De acordo com a dimensão da empresa e o número de colaboradores a abranger é definido o período de tempo adequada ao GAP, durante o qual os técnicos ficam disponíveis para atendimento. Pode funcionar semanal ou quinzenalmente, dias inteiros ou parciais, com atendimento presencial ou por vídeo conferência, De acordo com o devido agendamento, os serviços prestados são:

  • Atendimentos individuais (numa regularidade a definir) de consultas de apoio psicológico, coaching ou mediação de conflitos;
  • Atendimentos em grupo com estratégias de redução do stress e melhoria do relacionamento interpessoal;
  • Dinamização de iniciativas de redução de conflitos e melhoria da colaboração e interajuda;
  • Ações de vigilância da saúde psicológica dos colaboradores, com uma avaliação assente na gestão do stress, situações de depressão, ansiedade e esgotamento;
  • Avaliação psicológica/clínica dos colaboradores que dela necessitem e a referenciação para os serviços de saúde adequados quando se constatar uma incapacidade laboral relacionada com problemas de saúde psicológica;
  • Sessões de Mindfulness ou Atenção Plena para a redução do stress (laboral ou pós-laboral);

O GAP é financiado pela empresa como uma iniciativa dos RH, sem custo para os utentes, que assim têm acesso a serviços de saúde mental e psicológica de forma regular. sem constrangimentos e com benefícios para o envolvimento e motivação dos colaboradores.

Se a proposta do GAP despertou o seu interesse, agende connosco uma reunião para esclarecimentos:

Liliana Ponces +351 961 697 144 / Regina Ponces +351 966 063 070 ou através do geral@maestra.pt