Episódio 03 “O que tem a Inteligência Emocional a ver com isso?”

“Um colega de trabalho liga-me várias vezes depois do serviço, para falar e queixar-se dos problemas da empresa e dos colegas. Isso desgasta-me e irrita-me bastante.”

Será que estamos a falar de inteligência emocional? Claro que sim!

Na relação com os outros entram em jogo as nossas habilidades emocionais, não só de empatia, mas também de limites. Limites tem a ver com “o espaço” que eu preciso para me proteger e que, neste caso, é visível e diariamente ultrapassado. Cansa, desgasta e irrita. E se essas emoções e sentimentos não são expressos/libertados acabam por ficar cá dentro “a fazer encher a nossa panela”.

Com delicadeza e empatia, diga que compreende o que ela sente (mesmo que não sinta a mesma coisa, isso não invalida que compreenda o que a outra pessoa sente), mas que falar sobre aquele assunto todos os dias a faz sentir mal, até porque não há nada que possam fazer para mudar o assunto.

Habitualmente são assuntos que não depende de nós resolvê-los, mas se por acaso for, pergunte: há alguma coisa que queiras fazer para mudar a situação? Queres a minha ajuda para isso?